segunda-feira, 19 de setembro de 2011

NOSSOS VALORES DEFINEM NOSSA VIDA



O que são valores? São eles que regem a nossa vida. De uma maneira bem simples, é em que acreditamos, gostamos. Honestidade, beleza, boa aparência, cultura, dinheiro, verdade, simpatia, humildade, ter palavra, norar bem, aparência, ter um bom carro, roupas de marca, ter uma religião, ser educado, fiel, honrar com os compromissos...Tudo isso são valores e muito mais.
O que tem valor para um pode não ter para outro, ou pelo menos, não na mesma proporção. Não basta sabermos quais são os nossos valores, é necessário listarmos os nossos valores, aqueles que gostamos e também os que não gostamos de reconhecer que temos. Vamos lembrar que eles tem poder sobre a nossa vida e, se queremos inverter esse poder, trazendo-o para nós, precisamos primeiro reconhecer um a um. Depois, colocando em ordem do mais para menos importante. Mas não faça isso no automático, veja a sua vida, refaça seus passos no dia a dia, suas decisões em momentos importantes, sérios, por qual valor você optou seguir e o que isso causou em você ou na sua vida ou nas pessoas à sua volta?
Tem que  ter coragem para olhar de frente, para assumir que os valores que acreditavamos reger nossas vidas, na verdade, estão lá no fim da lista e que isso pode estar sendo motivo de muita frustração, perdas, dores.
Valores em lugares trocados são causas de grandes problemas. Agora que você já sabe o posicionamento dos valores, faça uma nova lista e reposicione-os da forma como você gostaria que fosse, de modo que suas atitudes para confirmá-los trouxessem paz de espirito para você, aquela sensação única de que fez o que tinha de ser feito e da melhor maneira.
Mas não é tão simples. Não basta colocar no papel. É preciso colocar em prática. E isso exige muita determinação e persistência. É praticar a mudança que você quer para você. Substituindo um hábito por outro, até que se torne natural.
Neste processo, conhecer-se é fundamental, ajuda muitíssimo, é um facilitador. Através do conhecimento alcançamos as mudanças. Às vezes, conseguimos sozinhos, contudo o caminho fica mais fácil quando nos ajudamos e permitimos ser ajudados, por meio da meditação, por exemplo, ou de uma terapia, do processo de coaching, enfim, olhando para dentro, porque é apenas aí que estão as respostas.


Sandra Rosenfeld
Coach Pessoal e Instrutora de Meditação

2 comentários:

  1. Amada irmã,

    Adorei o texto. Passei aqui para te deixar um imenso beijo e um abraço no seu coração.

    ResponderExcluir
  2. És sempre muito bem vinda!
    Beijos minha linda

    ResponderExcluir

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).
Agradecida pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails